Primeiro: esse post era pra ter sido feito no dia 14 e não hoje, mas por uma soma de motivos (leia-se: preguiça, indisposição e falta de assunto) eu só passei por aqui hoje.

To doentinha desde sexta, com a garganta inflamada e um pouco de febre, e ontem, pra colaborar tive dor de cabeça o dia todo. Agora eu to aqui na frente do pc toda entupida (oi? gripei?) e com a garganta irritada. Às vezes eu acho que tenho que concordar com o léo quando ele diz que eu tenho Síndrome da Imuno Deficiência Adquirida, só que, no meu caso, ela vem de mutações genéticas não explicáveis e não identificáveis em exames médicos convencionais.

– brinks! ok? eu não tenho AIDS.

E daqui a uma hora eu preciso estar na locadora. Trabalhar no domingo, doente e ainda ficar lá estudando, exige muita coragem, fato. hasuhasuas

E como eu ainda não sei o que postar, e eu realmente preciso postar hoje senão meus planos vão por água abaixo, eu vou continuar com as 365 perguntas do blog do gaspa, já que há muito tempo eu não as respondo : )  (só 5 hoje, prometo.)

Bom, pra quem não quiser ler, fique por aqui, passe bem e volte no dia 20 que vai ter o centésimo post no aniversário de um ano do blog \o/.

Se cuidem crianças, beijo.

Continue reading ‘Sickness e Perguntas’

Anúncios

Para de Show

07nov08

Sabe, todo mundo tem momentos tristes, todo mundo tem problemas e ninguém, além de quem está sofrendo, sabe a real dimensão que eles tem.
Mas usar isso pra querer que todo mundo olhe pra você é egocentrismo. Querer que as pessoas pensem sempre no que você vai achar de tudo antes que elas façam qualquer coisa é errado. Cobrar por coisas que você fez porque quis é muito errado. Exigir que as pessoas desistam do que elas querem porque não é o que você quer é absurdo.
Eu acho que você pode ter a sua dor o quanto quiser, mas ficar se lamentando dizendo que quer que ela passe não vai fazer efeito nenhum até que você começe a agir pra fazer isso. Ficar dizendo o quanto você sofre não vai mudar as coisas, o mundo não vai passar a mão na sua cabeça, eles querem que você se foda.
E o pior de tudo, é quando você redimensiona essa dor, só pra tentar fazer com que as pessoas tenham dó de você. É muita falta de auto-estima.
Você quer que as pessoas olhem pra você? Que elas queiram estar com você? Faça alguma coisa boa, que as faça ter vontade de falar com você, de rir com você, de te ajudar, te acompanhar.
Dramas do tipo “eu vou morrer” funcionam na primeira instância, mas depois, só faz as pessoas se irritarem com você.

Quer mudar? mude, faça alguma coisa, ninguém vai entrar no seu quarto pra te tirar de debaixo das cobertas e dar um novo sentido à sua vida, acredite em mim.
Se acha que terapia pode te ajudar, vá fazer.
Se acha que estudar mais vai, estude.
Que precisa sair, vá. Que precisa de conversar com alguém, você sempre vai achar alguém pra isso. Mas faça alguma coisa, porque é assim que as coisas acontecem, alguém vai lá e faz.

Ps.: Esse texto não se aplica à todas as pessoas em todos os momentos de tristeza, mas eu tenho pensado muito em porque algumas pessoas insistem em sofrer.


Datas e Meme

27out08

Aêêêêêê

Hoje, meu amigo querido Diego McLovin Sabino está completando dezoito anos!!! Eu já mandei uma mensagem pra ele (que ele acha que não recebeu, foi olhar no cel agorinha), já deixei recado no orkut e já postei na comunidade que a gente posta sempre pra galera dar parabéns pra ele. \o/ Parabéns amigo, te adoro muuuuuito e você sabe disso meu nego ; )

Amanhã, dia 28/10 (daqui a três horas e 37 minutos), vai fazer três meses que eu conheci o meu amor… E… há, não vou fazer muitos comentários aqui, porque declarações públicas não são o meu forte ;x

Faltam 27 dias pra Fuvest.

E 24 dias pra Rafa vir aqui pra Ura de novo : )

E o meme, está logo aqui abaixo C=

Então, se cuidem crianças, beijos.

Continue reading ‘Datas e Meme’


Então, vendo links na minha querida internet um dia, achei um site (que eu não lembro o nome e não tenho mais o link >.<) de uma marca gringa de bijous…
Celebridades e mais usam as coisas feitas lá, tem fotos no site… Algumas até são usadas pela Little J. em Gossip Girl.
Daí que fiquei apaixonada por algumas coisas de lá, mas oi? eu sou brasileira, pobre e não tenho um cartão de crédito internacional. E as coisas lá são bem carinhas, viu?

E uma das minhas peças preferidas foi uma tiarinha, essa aqui:

Aííí, resolvi que ia fazer uma, ahá!
Mas não gostei das três pedrinhas… então já tava imaginando que ia usar duas só.
Então hoje saí da escola e, como tava com saudade do pai, fui vê-lo. No caminho tem uma loja MARA que vende tudo pra você montar bijouterias e eticéteras…
Então eu comprei o que eu achei que fosse necessário… e tipassim, foi MUITO barato. mas sem detalhes de preços aqui, ok. hsauhasuhsa
Eu fiz, e ficou assim:

Então, não dá pra ver direito, porque os cordões são pretos e meu cabelo também… mas a idéia é só as pedras serem vistas e eu adorei, mesmo. e a Fê (/purevanille no plurk) também. E ela vai ganhar uma de presente, então 😀
E não que alguém queira saber… mas vou explicar comofas.

1 => Do qe el preciso?
Pra tiara:

Cordão de cera (o suficiente para as duas voltas da tiara);
As pedras (elas tem que ter a parte de baixo chatas);
Os fechos e um pedaço de corrente.

Outras coisas:
Eu esqueci de comprar a cola pra bijou, então usei uma cola forte no lugar (tipo Super Bonder);
Usei também um alicate, uma tesoura, uma mini-chave-de-fenda pra abrir as argolinhas da corrente e uma pinça pra segurar as coisas direito.

2 => Comofas?

Corte as duas tiras do cordão de cera, eu usei duas tiras de mais ou menos 50 cm;
Usando uma argolinha, junte o fecho com um dos “tips” (essas coisinhas que seguram os cordões);
Pegue os dois cordões e prenda nesse combo fecho+tip, só uma das pontas de cada um dos cordões, né (hasuhasuas);
Usando o outro tip, prenda as outras pontas, cuidado pra não por os cordões trançados ou enrolados;
Coloque as faixas no cabelo e veja onde você quer que as pedras fiquem;
Passe a cola nas fitas e prenda as pedras, uma de cada vez (passe a cola pra uma, cole, espere e faça com a outra);
Coloque uma quantidade média de corrente no tip (o sem fecho).
Espere a cola das pedras secar perfeitamente…

E pronto!!!
Ela deve estar assim:

Eu realmente achei muito³ fofa… eu pensei que fosse sofrer pra fazer, mesmo que seja super fácil. porque eu não tenho coordenação motora nenhuma ¬¬
Mas como eu sempre tenho esses ataques de “made by myself”, eu sabia que ia acabar fazendo mesmo : )

Semana que vem a Fê recebe a dela na casa dela ; )
Se cuidem crianças, beijos.


21out08

Have you ever felt like shit?

Like nothing is making sense anymore.

I just don’t know what to do. I don’t blame you, but, i can’t blame myself. I don’t ask for it, you made me want thing like this, and i’ts not my fault if you can’t handle this now.

I just… don’t know what you want to me now.

I even know what I want.

It’s hard to see that I’m not okay?

it’s hard to try make me feel better?

Can you help me?

I really wanna know how to made this feelings go away.

I don’t want to be a problem to you, and this is all i am being actually.

Sorry


Ela é só uma garota, ela tem uma família linda, uma mãe dedicada, um pai carinhoso, uma madrastra boazinha e um irmão fofo. Ela tem a avó divertida, primas legais e um tio engraçado. Ela tem os melhores amigos e os professores mais foda. Ela até gosta do cachorro fedido da prima, ela tem uma patroa maravilhosa, e pares de all star que ela ama.
Ela tem uma tv pequenininha e um computador super velho, que fazem parte do quarto, o mundo dela. Ela tem nãoseiquantos bichinhos de pelúcia, vários cds velhos, milhares de ingressos de cinema, notas de locações de filmes, papéis de balas, bombons e chocolates, cartinhas das amigas.
Ela tem retalhos e linhas pros momentos que acha que puxou a avó e que sabe costurar. Ela tem lápis de cor e giz de cera pra quando quer desenhar, ela tem caneta e papel sempre a mão pra quando quer escrever, embora tenha usado mais o teclado e o notepad pra isso.
Ela tem dezessete anos. E tem tudo que sempre quis ter.
Ela está vendo a hora de seus sonhos se tornarem realidade se aproximar.
Mas ela tem medo, muito medo.
Ela tem o cabelo pra cortar sempre que quer mudar, tem as paredes pra pintar, tem móveis pra trocar de lugar.
Ela adora mudanças, mas quando é ela quem decide que elas devem acontecer, e do jeito que ela quer que aconteçam.
Ela tem muito medo de perder isso tudo que ela conseguiu… de decepcionar todo mundo, de não conseguir mais nada.
E ela odeia ver que está fraquejando, se sentir covarde.
As pessoas acham que ela é forte, talvez ninguém veja o quão fraca e frágil ela é.
E ela quer realmente tentar, mas é tão difícil aceitar isso tudo.
As mudanças dela, dos amigos, da família, da vida.
A vida tem estado diferente, pra todo mundo.

Talvez a mãe dela esteja certa, talvez seja mesmo muito cedo. Mas, e se depois for tarde demais?


Dizem por aí que os amigos são a família que nós podemos escolher. Isso é uma verdade incontestável, quando se tem amigos, melhores amigos, você se sente amparado, onde quer que esteja. Mas estamos vivendo hoje em um mundo onde a amizade parece não representar mais nada para as pessoas.

A todo momento alguém aparece e se torna o seu novo melhor amigo. Aquela confiança que deveria ser construída em anos surgem em alguns minutos e desaparece assim também. Isso não é amizade, é só uma perversão dos relacionamentos interpessoais.

Amiga é aquela pessoa que é capaz de te machucar se for o melhor pra você, mas é também aquela que sabe como ninguém curar as feridas. É aquela pessoa que te entende e se faz entender com apenas um olhar, é aquela que está ali com você o tempo todo, pra fazer qualquer coisa ou coisa nenhuma.

Seu amigo não é só aquele que tem tudo em comum com você, é também aquele que te completa, que mostra um mundo diferente do seu, uma visão diferente da sua. É alguém que você consegue administrar essas diferenças e ser melhor com elas.

E por mais que algém tente definir o que é amizade, a dimensão desse sentimento, ninguém nunca vai conseguir explicar. Porque não importa se você conheceu o seu amigo na escola, na rua, na internet ou na fila do banco, ele faz parte da sua vida, de você, e só você pode conseguir entender o quanto ele, o seu amigo, é importante pra você.

Patrícia Melo

Ps.: Texto feito pra aula de redação; um dos mais difíceis, detesto ser subjetiva sem poder dar uma opinião direta.